EBOOK + VÍDEO

Provedores de internet: como escolher um aplicativo do técnico? 

Veja quais funções não podem faltar no app do seu ISP e entenda as vantagens de contratar soluções mobile integradas ao software de gestão da sua empresa


ATUALIZADO EM: Maio 2021

ESCRITO POR: Comunicação, Grupo Voalle

Quanto mais seu provedor de internet cresce, mais desafiador é manter o controle sobre todos os dados e fazer a gestão do negócio. Logo, ordens de serviço em papel e contratos guardados em caixas no escritório começam a ficar obsoletos e gerar um alto custo de manutenção. É aí que surgem as primeiras necessidades de digitalização.


Mas, digitalizar vai além da adoção de planilhas e controles no computador. Cada vez mais, aplicativos móveis integrados ao sistema de gestão (ERP) tornam-se itens de necessidade básica para os provedores de internet que apostam no crescimento sustentável e organizado de seus negócios.


Se você ainda tem dúvidas sobre por onde começar a transformação digital do seu provedor, este conteúdo pode ajudar. Veremos como dar os primeiros passos em direção a digitalização, incluindo como tornar suas ordens de serviço digitais. Também mostraremos porque aplicativos móveis, em conjunto com um software de gestão, fazem a diferença. E, ainda, vamos ver quais funções não podem faltar no seu app do técnico e uma lista com 7 funcionalidades mobile que ficam ainda melhores se integradas a um ERP.

Vamos lá?

Passo a passo para implementar a digitalização no seu provedor

Digitalizar envolve migrar seus processos do ambiente físico para o digital, permitindo que eles sejam feitos com o máximo de automação e controle possível. Para isso, você pode implantar ferramentas que ajudarão no seu trabalho, seguindo o passo a passo abaixo:


1º. Escolha um software de gestão

O primeiro passo é substituir os registros em papel ou planilhas descentralizadas por um software de gestão que permita centralizar todas as informações e atividades do negócio. Lembre-se de considerar, na hora da escolha, o ERP que mais se adapta às suas perspectivas de crescimento e à sua capacidade de investimento, além da especialidade no seu segmento de negócio.


2º. Avalie e implemente soluções mobile

Depois, considere quais soluções mobile podem facilitar a operação do seu negócio. Um aplicativo para os seus técnicos de campo e um app para as demandas mais comuns dos seus clientes são as opções mais utilizadas no mercado.


3º. Digitalize os processos mais recorrentes

Com essas ferramentas, digitalize e automatize os processos mais comuns na rotina do seu negócio. Quer um exemplo? Digitalize as ordens de serviço dos seus técnicos, a assinatura de contratos pela sua equipe comercial e ofereça opções digitais para o acesso e pagamento de faturas e boletos pelos clientes.

Lembre-se de escolher as ferramentas que mais se adequam à sua realidade e priorize aquelas que dão controle sobre toda a operação. Procure também focar nos processos mais importantes do seu negócio. Nos provedores regionais, um desses processos é justamente a ativação de um novo cliente. Abaixo, veremos como promover a digitalização nesse caso.

Como digitalizar as ordens de serviço (OS) com um aplicativo?

A atividade fim de um provedor de internet é entregar conexão para os clientes. Para que esse serviço seja prestado, há uma figura fundamental: o técnico de telecomunicações. Seja na instalação da nova conexão, ou na manutenção e suporte, a equipe de campo, formada pelos técnicos, é essencial. Por isso, para dar mais agilidade e segurança nesse processo, as ordens de serviço (OS) - que também recebem o nome de “ticket”, “chamado” ou “atendimento” em alguns provedores - precisam ser digitalizadas.


Além de as ordens de serviço em papel serem um processo recorrente e custoso aí no seu negócio, também é preciso pensar pelo viés da segurança. As ordens de serviço são documentos que registram a prestação do serviço ao seu cliente. Por isso, precisam ser armazenadas com cuidado. Quando você usa um aplicativo do técnico integrado a um ERP, o software garante que essas informações estarão seguras e salvas, restringindo quem tem acesso a elas.


Mas, como digitalizar as ordens de serviço? Aplicativos de celular são a forma mais utilizada para que seus técnicos recebam digitalmente, em qualquer lugar, as ordens de serviço que precisam atender. Isto porque, diferente dos outros colaboradores, os técnicos trabalham em ambiente externo e não podem depender de um computador para realizar suas atividades. Os aplicativos, então, garantem a mobilidade dessas equipes.


Mas, mais do que mobilidade, agilidade no atendimento e segurança da informação, há outras questões que não podem faltar em um aplicativo do técnico. Vamos conferir?






Como escolher um bom aplicativo do técnico para o seu provedor? O que não pode faltar?

São muitas as opções de app para os técnicos de provedores no mercado. A maioria deles vai apresentar algumas funcionalidades básicas. Veja a lista:


  • O app permite o recebimento de informações sobre o atendimento e sobre o histórico do cliente a ser atendido, para a execução da ordem de serviço;
  • No app é possível concluir todo o processo de ativação de um novo cliente, até o encerramento do chamado.
  • No app é possível movimentar materiais do estoque, conforme vão sendo utilizados na ativação de cada cliente;
  • É possível, pelo aplicativo, monitorar o deslocamento dos técnicos a caminho dos atendimentos.
  • Permitir o registro de fotos ou outros documentos que comprovem a instalação ou manutenção realizada.


Um aplicativo do técnico com essas funcionalidades já pode facilitar o dia a dia do colaborador. Mas, se ele estiver integrado com o software de gestão utilizado no seu provedores, abre-se um campo de possibilidades para explorar outras vantagens. É isso que veremos a seguir.





Gere mais dados para fazer a gestão do seu negócio


1 . Agendamento de Ordens de Serviço para ativação de novos clientes

Com a integração entre o seu sistema e o app do técnico, você pode implantar fluxos de trabalho na sua empresa, que incluam o agendamento imediato da ativação do cliente, logo após a venda. Por exemplo, se o seu aplicativo do técnico estiver integrado ao ERP, sua equipe de vendas pode agendar a data e o horário da ativação no momento da venda, dando agilidade e aumentando a satisfação do cliente recém-conquistado. Ou, em outro fluxo de trabalho, os líderes da equipe técnica podem gerenciar as solicitações de ativação, fazendo o agendamento para os técnicos.

Em ambos os cenários, se houver integração, o agendamento realizado no sistema de gestão será automaticamente visualizado no aplicativo que o técnico utiliza. Assim, ele já fica ciente do volume de trabalho que tem previsto para aquele dia ou semana, por exemplo.


2 . Provisionamento e ativação de uma nova conexão

O provisionamento é o processo utilizado em provedores que trabalham com fibra ótica, para gravar a ONU (equipamento do cliente) na OLT (terminal de linha óptica), permitindo que a conexão se efetue. O módulo técnico do seu sistema de gestão precisa estar integrado com o seu aplicativo para permitir que os técnicos façam o provisionamento da conexão de forma remota e autônoma, sem a necessidade de, por exemplo, ligar para a sede do provedor para provisionar. Com o aplicativo fazendo o provisionamento você:

  • aumenta a produtividade dos técnicos, que ganham em agilidade;
  • reduz os custos do processo, centralizando o provisionamento no app.


3 . Acesso rápido a todas as informações sobre aquele atendimento

O aplicativo facilita a vida do técnico ao permitir que ele veja, na rua, todos os detalhes sobre o atendimento que vai realizar. Isto inclui, por exemplo, todo o histórico do cliente até ali, todos os outros chamados ou protocolos abertos por ele, o plano e velocidade contratada, entre outros. Essas informações provêm do cadastro do cliente junto ao ERP. E quanto maior a integração entre aplicativo e sistema de gestão, mais detalhadas serão as informações disponíveis ao técnico.


4 . Monitoramento do deslocamento e do trabalho dos técnicos

O app precisa permitir que o técnico informe quando começou o deslocamento até a casa do cliente, a chegada ao local, o início e o fim da instalação. Essas informações, quando conectadas ao sistema de gestão, permitem que sejam analisados indicadores como, por exemplo, o tempo médio gasto pelos técnicos em deslocamentos e atendimentos, a relação km por litro de combustível dos veículos e muito mais.


5 . Faturamento de produtos e/ou serviços

A função de faturamento em um app deve permitir que o técnico adicione produtos ou serviços àquele cliente, para que estes sejam faturados. Por que essa função é útil? Por exemplo, seu provedor cobra uma taxa quando se desloca até a casa do cliente para uma manutenção e não o encontra em casa. Nessa situação, um app integrado ao sistema de gestão deve permitir que o técnico adicione o custo da visita improdutiva ao contrato do cliente. O registro, feito pelo aplicativo, é então automaticamente enviado ao setor de faturamento e financeiro. Assim, nenhuma informação se perde e sua empresa garante o faturamento de todos os serviços ou produtos adicionais, cuja necessidade foi identificada pela equipe de campo.


6 . Movimentação de materiais e controle de estoque

Esta função deve incluir a movimentação de materiais para o técnico e, deste, para o cliente - seja em comodato ou pela venda dos equipamentos necessários à instalação (roteadores, ONUs, cabos extras, conectores adicionais etc). Com a integração entre o sistema e o app, ao movimentar objetos para o cliente, por exemplo, você garante que esses equipamentos estarão registrados no contrato do cliente. Bem como, consegue monitorar, a partir do sistema, o volume de itens utilizados em cada instalação por cada técnico, identificando gargalos e oportunidades de melhoria.


7 . Documentação do atendimento realizado por meio de fotos, arquivos e assinatura

Para garantir a instalação correta da conexão e ter evidências em caso de contestação do cliente, é importante que o aplicativo do técnico utilizado no seu provedor permita o registro de imagens do processo de ativação: da passagem do cabo, do local onde os equipamentos foram instalados e, até mesmo, do teste de velocidade. Com o aplicativo integrado ao ERP, essas imagens são anexadas ao histórico do contrato do cliente e ficam facilmente disponíveis caso o cliente conteste a instalação ou encontre problemas no modo como a conexão foi ativada. O mesmo se aplica ao registro da assinatura digital no aplicativo, que ajuda a comprovar a conclusão da instalação.





Além do Aplicativo do Técnico, um Aplicativo do Cliente integrado faz toda a diferença para a experiência do seu cliente. E este pode ser o seu grande diferencial competitivo. Quer ver o potencial que a integração entre os aplicativos e o ERP possui?


No vídeo, confira como essas plataformas se conectam durante a ativação de um novo cliente.

Viu como é importante que as ferramentas utilizadas no seu ISP se conectem?


Se você quer implantar um ecossistema de gestão para o seu provedor, com ERP e aplicativos integrados, deixe seu e-mail e entraremos em contato com mais informações:


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

7 funções do aplicativo do técnico que ficam melhores quando integradas a um ERP


Agora que você já viu como aplicativos que se conectam ao seu software de gestão podem facilitar o dia a dia das suas equipes de campo e agilizar os atendimentos, é preciso falar sobre os benefícios para quem é gestor.


Conforme um provedor cresce, fica mais difícil organizar as tarefas entre todos e tomar as melhores decisões com base na realidade do negócio. Isso porque, com cada vez mais processos acontecendo ao mesmo tempo, torna-se impossível que o gestor acompanhe tudo. É nessa hora que as soluções de gestão precisam fazer sua parte. Os aplicativos utilizados pela sua equipe de campo precisam permitir mais do que o simples envio de ordens de serviço. Todas as tarefas, compromissos e reuniões precisam ser informadas automaticamente ali.


Além disso, para facilitar o trabalho de todos, os líderes da sua equipe precisam estar perfeitamente conectados aos técnicos ou outras equipes internas. E, isso só é possível se as ferramentas que você utiliza permitirem que tarefas sejam disparadas a partir do sistema ou de gatilhos pré-definidos, e acessadas de modo imediato, seja pela equipe do escritório, seja pelas equipes externas.


E, por fim, todas as plataformas digitais que o seu time utiliza precisam se integrar para que você tenha registro e controle sobre tudo o que é feito. Assim, são gerados números para medir a produtividade, a eficiência, a localização e o consumo de recursos e materiais por todas as equipes da empresa.


Com esses dados na mão, você estará pronto para tomar as melhores decisões e fazer o seu negócio crescer ainda mais. Bom trabalho!

Fale com um de nossos consultores e tire todas as suas dúvidas: 

Whatsapp